Como cuidar de filhotes de passarinhos recém-nascidos

Gostei0 Não Gostei0
Como cuidar de filhotes de passarinhos recém-nascidos reginabolico-amoraosanimais.blogspot.com - 244 dias atrás



1) Dando Calor

Antes de tudo tenha em conta que um filhote recém-nascido ou ainda não emplumado, não pode regular sua temperatura, então deixe-o em um lugar cômodo, de fácil limpeza e com temperatura agradável, pois seus pais são se separariam do filhote em nenhum momento durante os primeiros sete a dez dias de vida e com seu corpo manteriam o filhote aquecido de dia e de noite. Abaixo como fazer um ninho agradável para o filhote.

 [1]
Pode proporcionar calor colocando sobre o pássaro (sem queima-lo!) garrafas PET com água quente (não fervendo) e cubra com uma tela, toalha, etc. Pois assim pode reter o calor e que não esfrie tão rapidamente. Outra maneira é com uma lâmpada INCANDESCENTE (não as fluorescentes), já que esse tipo gera calor e esta deve ficar suficientemente próxima para aquece-lo, mas sem queimar a pequena ave e de modo indireto, para que não o atrapalhe, deve estar acesa durante o dia e noite a fim de manter a temperatura ideal.

2) Alimentando do primeiro até o sexto dia de vida
É muito difícil substituir a alimentação que seus pais dão em sua primeira semana de vida, porque o alimentam com um composto que é gerado por seu próprio bucho (leite de bucho) que contém anticorpos, nutrientes,  enzimas digestivas e probióticos que alimentam, protegem e preparam o sistema digestivo do filhote para digerir alimentos mais complexos que receberão depois (semelhante ao colostro dos mamíferos). 
O ideal é conseguir pasta de bucho ou fórmula de cria a mão (como é conhecido vulgarmente) que geralmente é vendida em lojas de animais como por exemplo: Orlux Handmix ou Alcon Club Papa Para Filhotes Pássaros e ver se o produto é compatível com a idade já que por ser uma fórmula específica já contém todos os ingrediente necessários, incluindo vitaminas e cálcio. 
Se não for possível pode tentar com Ensure Plus (somente de sabor baunilha), este é um composto de uso medicinal (encontrado em qualquer farmácia) que possui muitos nutrientes e é de alta digestibilidade. É importante que o que contém na lata seja PLUS e somente sabor de BAUNILHA. Após aberta a lata dura somente três dias na geladeira, é conveniente deixa-lo em uma forma de gelo e manter no freezer, assim não se desperdiça, logo vai descongelando um cubinho de cada vez e o resto no refrigerador. Nunca deixe fora da geladeira o alimento preparado para os filhotes e só deve tirar se for para alimenta-lo.
Aos filhotes NÃO SE DÁ ÁGUA, já que com o líquido é muito fácil afoga-los (fazem o que se chama FALSA VIA e entra no canal de respiração e dali para os pulmões.

  [2]
O que consomem na papinha é suficiente para manter-los hidratados, se a consistência for muito líquida, engrosse com um pouco de Nestom de UM CEREAL (mais arroz ou trigo), o de cinco cereais é para mais adiante quando podem assimilar, mas nessa etapa não é recomendado, pois não podem digerir.
Dê o que comer a cada meia hora um pouquinho, antes de dar novamente, veja se digeriu. Na segunda semana dê a cada hora, logo a cada duas horas. Comece a alimenta-lo bem cedo e quando anoitecer deve descansar.As aves DIURNAS não comem durante a noite até que estejam bem emplumadas, pois o matará por hipotermia. 
É normal que suas necessidades sejam abundantes que revestidas por um “saco”, é assim pois seus pais podem pegar com o bico e jogar pra fora do ninho e manter a higiene dos filhotes.

3) Quantidade
Eles sentem o movimento e abrem o bico para pedir e quando não querem não pedem mais, o o bucho de vê logo abaixo, do tamanho de uma bolha, e quando está cheio e da cor da comida que deu pois é transparente, quando se esvazia, logo pedirá mais e você terá que dar. Não se corre o de dar demais, já que quando estão satisfeitos não abrem o bico para pedir e este é o sinal que não se deve dar mais. Tenha em conta que ao se deparar diante de um filhote RECÉM-NASCIDO, trabalhar com dietas caseiras é muito difícil, pois terá que conseguir PASTA DE CRIA, para que tenha chances de sobreviver! 
4) Como dar de comer?
Dê o alimento com a ajuda de uma seringa (as de tuberculose, bem finas) e caso a seringa não seja suficientemente fina para o bico da ave, encaixe no extremo da seringa uma fina mangueira de borracha, que podem ser encontradas em farmácias, abaixo imagens explicativas.


    [3]
 [4]


5) Alimentando a partir da primeira semana
Publique a foto ou leve o filhote para um veterinário ESPECIALISTA EM AVES para ver a evolução do pássaro. É importante lembrar que deve incorporar alimentos mais complexos como sementes aos poucos e observe como o animal digere, as transições são complicadas, tem que ser muito precavido, dê aos poucos, quando abaixar o seu bucho e tenha evacuado, veja se digere bem. Faça isso preferencialmente durante o primeiro dia na manhã, assim tá tempo de correr ao veterinário caso necessário. Em sua papinha deve adicionar Nestom com cinco cereais ou equivalente.
Com um pouco de ração balanceada de cachorro Premium (evitar marcas de baixa qualidade, escolha a Royal ou Pro Plan, de preferência de frango com arroz). A proporção é ¾ partes de Nestom mais ¼ de ração, Ensure Plus ou pasta de bucho. A ração e o Nestom devem ser bem diluídos na água até que vire uma pasta e que possa misturar muito bem entre elas, NUNCA DÊ LEITE.
A preparação da refeição é feita em temperatura ambiente, nem fria, nem quente, pior isso mataria o nosso filhote. A água já está inclusa na misturam assim não é necessário dar água, já que não possui experiência de dar água ao filhote, pode entrar na falsa via e pode morrer afogado.
5) Alimentando após duas semanas de vida

Publique a foto ou leve o filhote para um veterinário ESPECIALISTA EM AVES para ver a evolução do pássaro. E a partir dessas informações será dada a dieta de acordo com sua espécie.
Recomendamos que entre em contato com a comunidade do Facebook chamada Refugio de Aves - Pájaros Caídos e deixe uma foto da ave, para que possamos saber sobre a espécie, idade e o estado em que ela se encontra para melhor ajuda-lo. Obrigado.
[1] Como fazer um ninho? Imagem explicativa com quatro fotos e textos (em espanhol)
2] Cuidado para não dar a comida pelo canal de respiração

[3] Modelo de “Seringa Mamadeira” 
[4] Com a seringa em mãos, procure aonde está o bucho  

Fonte: Pájaros Caídos - Ayudandolos a Vivir, Assistência de Aves Urbanas Cidade dos Anjos.

Continuar lendo...

Relacionados

  • Comentários
Nome:
Comentário:
Código:
captcha

estatisticas